Buscar
  • Acompanhantes Lisboa

Por que homens precisam de um tempo antes de “dar mais uma”? Ninguém sabe, diz estudo





Se você questionar a um especialista em sexualidade por qual motivo os homens, depois do orgasmo, precisam de um tempo antes de fazer sexo mais uma vez, é possível que tenha como resposta a palavra “prolactina”. Prolactina é um hormônio que, nas mulheres, está ligado à produção de leite após o parto. Já nos homens, ele é liberado em altas doses no organismo logo após a ejaculação. E, por isso, virou o suspeito principal de dar um tempo para “dar mais uma”, intervalo que, na ciência, recebe o nome de período refratário pós-ejaculatório.

Mas, um estudo que buscava confirmação se prolactina é a real causadora do período refratário acabou comprovando justamente o contrário. Segundo a pesquisa, conduzida pela equipe da doutora Susana Lima, do Centro Champalimaud para o Desconhecido, em Portugal, mesmo quando este hormônio não é produzido o período refratário acontece.

“Quando começamos esse trabalho, queríamos explorar essa teoria. Nosso objetivo era, na verdade, investigar, em mais detalhes, os mecanismos biológicos pelos quais a prolactina geraria o período refratário”, afirma Lima, cujo estudo foi publicado na revista especializada Communications Biology. Os testes, feitos em ratos, no entanto, trouxeram resultados surpreendentes, fazendo com que o mecanismo por trás do período refratário voltasse a ser um grande mistério.


Porque a prolactina era a suspeita?

Susana Lima explica que várias pesquisas apontavam para a prolactina como a principal causadora do período refratário. Diversos estudos comprovaram que esse hormônio é liberado no organismo praticamente junto com a ejaculação tanto em humanos quanto em ratos. Além disso, outras pesquisas confirmam que homens com níveis muito altos de prolactina têm menos desejo sexual e maior dificuldade para chegar ao clímax ou ejacular. E esses problemas conseguem ser revertidos quando são usados remédios que inibem a produção deste hormônio.

“Todos esses resultados indicam que a prolactina suprime o comportamento sexual masculino. No entanto, uma relação direta entre o hormônio e o período refratário pós-ejaculatório nunca havia sido demonstrado. Mesmo assim essa teoria se disseminou e, agora, aparece em livros e também em matérias jornalísticas”, explica a especialista.


O que foi descoberto neste novo estudo?

Na pesquisa portuguesa, os cientistas realizaram vários testes com ratos, animais cuja sequência do comportamento sexual é muito parecida com a dos humanos. Através de diversas manipulações e exames de sangue coletados antes, durante e após as relações sexuais, os pesquisadores descobriram que mesmo nos animais em que a produção de prolactina foi completamente impedida, ou seja, não houve a liberação após a ejaculação, e o período refratário ocorreu.

“Se a prolactina fosse mesmo o motivo principal a ocorrência do período refratário, machos sem prolactina deveriam ter readquirido a capacidade sexual mais rapidamente que os ratos do grupo de controle (que não tiveram a produção do hormônio inibida). Mas eles não recuperaram”, ressalta Susana Valente, coautora do estudo.

Agora, dizem as duas pesquisadoras, é hora de voltar a pesquisar sobre o tema sem ter a prolactina como principal hipótese. “Nossos resultados indicam que a prolactina não tem muitas chances de ser a causa. Agora, podemos avançar e tentar descobrir o que realmente acontece”, afirma Susana Lima. “As possibilidades são muitas”, acrescenta.

  • BUSCANDO POR ACOMPANHANTES EM LISBOA?


As mais lindas acompanhantes em Lisboa podem ser encontradas aqui no ACOMPANHANTES LISBOA. Se você está afim de dar uma descontraída, ou simplesmente sair com Acompanhantes em Lisboa, você encontrou o site certo.

As mais belas (Escorts) da capital do país estão prontas para sair com você.

Possuímos acompanhantes em Alenquer, Amadora, Arruda dos Vinhos, Azambuja, Cadaval, Cascais, Lisboa, Loures, Lourinhã, Mafra, Odivelas, Oeiras, Sintra, Sobral de Monte Agraço, Torres Vedras, Castelo Branco, Algarve-Vilamoura, Madeira Funchal, Leiria, Santarém, Coimbra, Setúbal, Algarve-Albufeira, Algarve-Faro, Aveiro, Lisboa, Vila Franca de Xira entre outros...


12 visualizações0 comentário